Histórias de namoro segunda data

Anéis de Namoro Os anéis de namoro, joias delicadas, elegantes e românticas, se tornaram tendência no pedido e no mix de acessórios. Também são uma ótima opção para complementar a beleza das alianças de namoro, transformando momentos e histórias de amor! Em 2013, se casaram. E, em 2018, voltaram para Viçosa e agora em 2020 tiveram seu primeiro filho, o Davi, que nasceu durante a pandemia de coronavírus da cidade. São cerca de 14 anos de namoro e 7 anos de casados! Nos conhecemos em 2005 por uma amiga em comum da engenharia elétrica! E foi no começo de março de 2006 que começamos a namorar. Histórias de sucesso no amores possíveis, conheça os casais formados aqui no site e seja mais um! Namoro é aqui! - Conheci uma mulher muito especial. E estamos planejando muitas coisas. - Achei uma mulher incrível. - Olá, meu nome é Wilson Razzelli e sou das Minas Gerais. Recomendo o Amores possíveis para todos aqueles que desejam encontrar a sua cara metade, o amor da sua vida. Quando você define uma data através desses ou de outros sites de namoro, sempre marque um encontro em um local público. E não compartilhe nenhuma informação pessoal até ter certeza de que a pessoa é legítima. 2. Seja honesto … Depende totalmente de você se você deseja esclarecer seu diabetes para a pessoa com quem está namorando. Quando você gasta muito tempo deslizando para a esquerda, depois para a direita e depois novamente em Tinder e ainda não encontrou alguém digno de uma primeira data, é completamente compreensível se você começar a se sentir cético sobre encontros on-line. Conhecer alguém através de um aplicativo que você conecta com o IRL pode ser um desafio, tornando-se difícil quando você está ... Para alguns, é um dia de saudades e tristeza. Para outros, é motivo para comprar um presentinho e levar o parceiro pra jantar fora. O que importa é que o Dia dos Namorados chega pra todos e reunimos as melhores histórias para comemorar esta data! Tem uma camiseta de lantejoulas, tem mais histórias do Canadá e dois idosos reclamando do relacionamento da gurizada! SÃO PAULO, SETEMBRO DE 2020 – O Paramount Network acaba de anunciar a data de estreia da segunda temporada da aclamada série Yellowstone, estrelada por Kevin Costner. Os novos episódios vão ao ar a partir do dia 08 de outubro , quinta-feira , às 21h30 , no canal. Pela recorrência, no 'namoro no rádio', de certas histórias e não de outras, considero que as pessoas contam, ao seu modo, como são constituídas as aproximações amorosas; há uma força explicativa, com respeito ao código de expressão dos afetos, na incidência de determinadas histórias21. A data do pedido de namoro de Vitória e Marcella é uma lenda. Os fãs querem saber, mas as atrizes não contam por nada. O Gshow conseguiu descobrir, pelo menos, o mês: março! Lembro de se passarem meses e esses meses se compunham de cartas pra lá, cartas pra cá. Até nas vezes que terminávamos o namoro, sem namorar, era engraçado. Os nossos presentes eram trocas de chocolates e sabiam-me pela vida. O nervosinho na barriga no Domingo, de saber que o ía ver na Segunda. Ficar dois dias sem cartas para ler.

Levei um fora da minha ex que ainda amo

2020.07.08 14:56 xDark0x Levei um fora da minha ex que ainda amo

Olá! Então, é minha primeira vez aqui escrevendo, e estou um pouco nervosa pois nunca fiz isso antes, tenho dificuldades em falar sobre o que sinto e tal, mas chegou à um ponto em que realmente preciso desabafar. Vou explicar tudo com datas pra ficar mais fácil. Ultimamente venho passado por uma série de eventos os quais me deixaram muito mal. Tenho uma ex namorada, a primeira e única com quem me comprometi até hoje (tenho 18 anos), em março de 2018 conheci ela através de uma amiga e desde então nos demos muito bem. Desde que a conheci já despertou um interesse e sentimento em mim. Tínhamos várias coisas em comum, gostos musicais, forma de ver o mundo e afins. Logo nos tornamos muito próximas, confiavamos tudo uma na outra e após uma jogada de charme aqui, umas coisinhas românticas ali (kkk) Consegui conquista-la. Isso em junho. Namoramos por 6 meses, muito felizes, mas devido uma interferência da família dela, que ficou sabendo de nós duas por intermédio de uma professora do colégio que conhece a mãe dela, (fdp fofoqueira) tivemos que nos separar. A mãe dela me contatou e com base em ameaças de contar à minha família, me fez confessar nosso relacionamento. Depois que o sangue esfriou e fiquei "mais calma", me senti muito mal, pois senti que à traí, me senti mal por acreditar na mãe dela (que considerando a pessoa que é não merece confiança) que disse não fazer nada com ela se eu falasse tudo. Paramos de nos falar, e como já era dezembro, estavamos de férias e não nos víamos (só tínhamos oportunidade de nos ver na escola). Só no ano seguinte, no primeiro dia de aula consegui contata-la e descobri da forma mais dolorosa possível que não sentia mais nada por mim e me odiava pelo que fiz. Me senti péssima, por ainda à amar e pela situação em si, que não saía da minha cabeça. Tivemos só essa conversa e depois nos distanciamos novamente (por escolha dela). Lá pra junho do ano passado, ela começou a dar sinais de querer voltar a falar comigo, depois de longas conversas sobre esse assunto, finalmente nos entendemos, mas não totalmente da forma como gostaria. Ela disse novamente não me amar mais. Foi doloroso, mesmo já tendo ouvido-a dizer antes. Ela estava passando por momentos terríveis com a família. Não é uma pessoa tão fácil de lidar (a criação ajudou um pouco nisso), então falar com ela naquela época foi bem complicado. Queria ajudá-la mas ela não permitia que eu o fizesse. Arduamente fui conquistando a confiança dela, até que desabafava comigo e eu tentava ajudar da forma como podia. Aos poucos ela foi melhorando e fomos resgatando a amizade e por ainda nutrir sentimentos românticos por ela, as vezes dava umas cantadinhas bobas, mas as vezes sérias também (Claro que não no momento que ela estava fragilizada, mas sim nos de descontração, para deixar bem claro). Em setembro nos aproximamos mais e finalmente consegui com que ela demonstrasse gostar de mim da mesma forma que eu dela. Pouco tempo depois a família novamente descobriu a gente, da mesma forma que da outra vez, mas dessa, eu estava de certa forma mais forte. Bom, consegui conversar com a mãe dela sem demonstrar medo pelo menos. Chegamos à conclusão de que realmente não dava pra ficarmos próximas na escola. e em meio à isso tudo, pedi ela em namoro pela segunda vez. Dessa, não mantinhamos o contato de antes, muito raramente ficávamos juntas, já que ela era de outra turma. mas passando o tempo começamos à relaxar um pouquinho e passar ainda mais tempo juntas, sempre que podíamos, porém com mais cautela. Dessa vez, durou 2 meses e meio, de outubro à metade de janeiro. Ela terminou comigo de novo, não por deixar de sentir, mas eu estava passando por questões pessoais (que até hoje estou lidando, e que me incomoda bastante falar). Como ela além de namorada era minha melhor amiga, falei com ela por mensagem sobre o assunto, e depois de conversar, de um dia inteiro completamente estranho e nós indiferentes, eu por me sentir mal por estar daquele jeito, ela acredito que por não estar acreditando e por lamentar a situação, no fim do dia ela terminou tudo. Foi terrível pra mim, confesso que fiquei com raiva de certa forma, pois queria ela do meu lado para enfrentar aquilo, eu estava apavorada sem saber o que se passava direito na minha cabeça. Mas no fundo, por trás de tanto sentimento ruim, entendia que era direito dela. Era total direito dela decidir onde ficar e até onde pode aguentar também, nunca foi uma relação fácil, e não posso exigir de alguém o que eu faria dentro da relação sendo que somos pessoas diferentes. Ainda mantinhamos contato, mas de forma meio estranha, até que ela começou a demorar muito para responder e por fim, sumir por dois meses. No aniversário dela em maio, fiz um pdf com várias mensagens e desenhos (felizmente sou boa com desenhos) e mandei para o email dela, isso sem muita pretenção, apenas como forma de carinho. Depois de 7 dias me respondeu pedindo desculpas por não ter visto já que não olhava o email (algo totalmente válido pois também não olho hehe) e dizendo que se eu quisesse voltar a manter contato que gostaria. Voltamos a nos falar por outra rede, diferente da que nos falávamos antes, e foi tudo muito bem, ainda demorava para responder, mas não posso cobrar já que deve ter as ocupações dela, assim como tenho as minhas. Embora sempre dê aquele desapontamento e dúvida sobre ser "importante" ou não kkk. E à partir de agora voltamos ao que está acontecendo atualmente. (Estou resumindo o máximo que posso pra não ficar maior do que já está.) Há umas três semanas, em uma conversa casual ela perguntou brincando se eu ainda sentia o mesmo por ela, e eu muito envergonhada disse que sim. No outro dia, acordo com um texto dela (ela gosta muito de escrever) falando sobre amor, sobre estar apaixonada por alguém que sempre atrai ela de volta e por isso quer manter em segredo. Automaticamente me animei e fiquei profundamente feliz, "ela ainda me ama!" Pensei. E dessa vez sem eu mesma ter que correr atrás. Escrevi algo respondendo à ela e mandei uma letra de música que gostava muito pra que ela ouvisse. Ela disse que escreveu aquilo aleatoriamente, mas sabe quando você vê que a verdade não é aquilo que a pessoa diz? Enfim. Foram assim as últimas três semanas, com textos românticos que se encaixam perfeitamente na nossa história, respostas minhas, e mais textos que também mandava pra ela. Ela sempre respondia dizendo que ficaram muito bonitas as coisas que escrevi, e era o mesmo que eu dizia para os dela, obviamente direcionados para uma pessoa, mas que por conta da primeira fala dela de querer "manter em segredo" eu não entrava em detalhes, embora estivesse crente de que eram para mim. Textinho vai textinho vem, perguntei se o que ela escrevia era para alguém (Isso já confiante de mim, mas queria que "confessasse") depois de enrolar um pouco para falar, acabou dizendo e era o nome de outra garota :) Fiquei sem entender nada, não sabia como reagir. Me senti uma idiota por ter imaginado que era pra mim e ao mesmo não entendia como aquilo encaixava tanto em nós e em outra situação. Não conheço a menina, mas aparentemente não à corresponde, enfim. Me senti tão mal, principalmente por ter pensado que as coisas eram pra mim e ter descoberto de uma forma tão brusca. Fui conversar com ela para tentar esclarecer tudo e foi até bem rude ao responder. Disse que não via mais futuro em nós e não queria mais a confusão que era "estar comigo". Isso aconteceu ontem, e até agora não sai da minha cabeça. Dormi pensando nisso da mesma forma que acordei hoje e foi a primeira coisa que veio à cabeça. Não é a primeira vez que acontece situações que me deixam assim, em relação à ela. As vezes parece que estamos em um looping infinito sabe? Pois sempre passamos pelos mesmos momentos, desde os complicados, aos de investidas minhas e a "volta do amor" dela, que é algo que me deixa com muitas dúvidas por dentro, pois poxa, que amor é esse que eu preciso ir atrás? E sinceramente, isso me deixa com tantos questionamentos e angústias, eu realmente à amo, e me sinto uma idiota por isso. Eu odeio me sentir dessa forma sabe? As vezes odeio ser dessa forma. Me sinto idiota por ser tão intensa em ralação aos sentimentos, principalmente numa época em que isso é pouco levado em conta por muita gente. Ocorre um misto de emoções, angústia, tristeza... Por tudo que já aconteceu e pelo que estou sentindo agora. Tenho dúvidas reais sobre nosso fututo, não sei o que pode acontecer conosco, se podemos ficar juntas, ou se realmente estamos fadadas à seguir caminhos diferentes; e isso é uma das coisas que mais me apavora, não saber o que irá acontecer, se esse sentimento por ela vale realmente a pena ou estou apenas perdendo tempo em minha vida, numa coisa que não terá fundamento. Me sinto afogada nesse misto de sensações, sentimentos de amor e tristeza que não sei como fazer passar.
Não sei se alguém vai ler até o final porque realmente ficou enorme kkk, mas de qualquer forma já vale o desabafo. Não tenho ninguém para falar sobre isso
submitted by xDark0x to desabafos [link] [comments]


2020.06.23 23:58 fekahmaguire5 SOU BABACA POR ME VINGAR DE UMA TRAIÇÃO?

Oi luba e todos que estão a ver,eu tenho uma história pra te contar,eu sei que vc ja tem várias histórias do cornagem no seu canal,mas eu acredito que essa pode ser diferente. Enfim,A história começa ano passado. Eu estava no terceiro ano do E.M e tinha uma namorada (pensa numa garota ciumenta,agora soma 15 e multiplica por 10,ai vc chega a 1/3 do que ela era.A gente estudava na mesma escola,mas de turmas diferentes e éramos aquele casalzinho que todo mundo admira. Aki na minha cidade tem um show no qual o público são adolescentes,e a minha namorada me chamou pra ir junto com ela,pq ela sabia que eu amava o cantor que ia colar lá,que no caso seria o Orochi.Eu falei que não ia pra Tai (a minha namorada) e eu achei que ela ia ficar triste por isso,mas ela implorou pra eu deixar ela ir sozinha no evento.No início eu falei que não,pq eu tava com medo dela me cornar,mas no fim eu acabei deixando ela ir,só que eu não sou burro,eu sabia que tinha um amigo meu que ia nessa mesma festa pra “vigiar” ela.Resumindo tudo,ela acabou me cornando e e meu amigo filmou a cena. Na hora que eu mostrei o vídeo ela começou a implorar pelo meu perdão,e eu acertei e vc ja vai ver o porquê.Eu estava voltando pra casa e estava abalado com tudo isso,ja que ela contou pra todo mundo e geral ficou me zuando de corno,e no meio do caminho eu parei em frente a casa de uma amiga minha que eu vou chamar de Lau,eu chamei ela pra conversar sobre o que tinha acontecido.E no meio da conversa ela pediu pra eu parar de falar sobre esse assunto porque magoava um pouco ela,(Meus amigos sempre falavam que ela tinha uma quedinha por mim,mas eu nunca levei fé,Até pq eu já tinha perguntado pra ela e ela disse que n sentia nada por mim). Voltando:Ela falou que doía ouvir o menino que ela gostava (no caso eu) falando da menina que ele gostava.Nesse tempo eu vi uma oportunidade perfeita de me vingar da Tai,e quando ela falou isso eu roubei um beijo dela,e enquanto a gente se beijava eu estava FILMANDO TUDO.Sim,eu usei a minha amiga brabamente,e disso eu me arrependo um pouco.Depois disso eu fui para casa e so lembrei do vídeo de novo a noite,e lembra do meu amigo que filmou a minha namorada me traindo,eu pedi ajuda dele de novo.Eu mandei o vídeo pra ele,e pedi pra gente ter uma conversa fake sobre isso. A conversa era basicamente ele me dando uma lição de moral, falando que como foi a décima vez que eu já tinha cornado a Tai ele ia contar pra ela,e eu falando pra ele não fazer isso e talz.E nisso eu pedi pra ele print da conversa, tomando cuidado pra não mostrar a data das mensagens e mandar o print + o vídeo pra minha namorada, falando que não aguenta mais esconder esse segredo e que eu e ela deveriam se resolver.E deu certo,no outro dia ela e as amigas dela me cercaram no pátio com a Tai chorando falando que eu era um idiota por ter feito tudo isso e ter cornado ela 10 vezes.Eu como estava me divertindo,resolvi botar pilha na conversa falando que não foram só dez vezes com uma cara de orochinho,digo,deboche.Naquele momento ela estava sentindo o que eu senti na hora,ou não, talvez eu tenha exagerado um pouco na vingança. Continuando,ela me perguntou quantas vezes foram,e eu respondi que parei de contar na décima segunda vez.Nesse momento tava todo mundo olhando e me achando um tremendo fdp,e foi ai que deu merda:Eu falei que pelo visto nosso namoro havia terminado e sai.E foi todo mundo consolar ela e eu fiquei pensando: “pq quando o garoto é corno ele é zuado mas quando a garota é corna ela é consolada?" Depois de uns dez minutos,a diretora do colégio me chamou.Pelo visto todo mundo era x9 e me dedaram pra ela.Eu fui de boassa pra diretoria quando eu vejo os pais da Tai la. No momento em que eu entrei o Pai dela quase voou em mim pra me dar um soco, só que os seguranças do colégio o seguraram. Resumindo a história,eu ganhei uma suspensão por ter “humilhado ela na frente de todo mundo" e ela não ganhou nada sendo que tudo isso não teria acontecido se ela não me traisse com outro alguém ou pelo menos não contasse pra geral.E também todos me acham um babaca, inclusive quem sabia que a história é fake.enfim,eu fui babaca?
submitted by fekahmaguire5 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.13 19:48 i_like_the_sky Essa história aconteceu em 2019 TITULO: ENTRE FACAS E CHIFRES

Infelizmente perdi os prints
Bom era inicio do ano letivo. Tinha um garoto novo na minha turma, chamaremos ele de J. Logo começamos uma amizade eu, ele e uma garota, chamaremos de D (LEMBRE BEM DESSA GAROTA, ELA SERA IMPORTANTE NO FINAL).
J e eu começamos a namorar, mas não deu certo, e logos terminamos (descobri que ele tinha facas e era meio psicopata). Mas como todo bom ex, ele queria voltar, dizia que iria melhorar. Eu já estava muito bem resolvida com a minha vida então disse que não.
Meses depois... em uma certa tarde J volta a me pedir em namoro, dizendo que ainda me amava, e que nada iria mudar esse sentimento. Eu não aceitei e ele entende. Eu estudava de noite, então assim que cheguei na escola uma amiga minha (chamaremos ela de M) veio correndo me contar que o J havia acabado de pedir ELA em namoro, mas ela recusou. Eu comecei a rir, pra quem tinha falado aquilo tudo ele tinha deixado de me amar bem rápido.
M, eu e mais algumas amigas estávamos no intervalo conversando sobre yaoi, enquanto jantávamos. De repente o J se aproxima e começa a olhar fixamente para M. Ela não se sentiu confortável e pediu para que ele se retirasse, e ele fingiu não escutar. Eu bem irritada que estava pedi para ele se retirar ou ele escutaria sobre histórias de menstruação. Ele saiu bufando de raiva.
Na mesma noite, nosso prof de ensino religioso, passou um trabalho em grupo de 6 pessoas. E como numa fanfic ao contrario, eu e o J caímos no mesmo grupo. Tínhamos que fazer slides, uma parte para entregar e um cartaz. Eu me disse que iria fazer os slides e uma outra garota do grupo (chamaremos de C) disse que iria fazer a parte para entregar, entretanto ninguém se ofereceu para fazer o cartaz. A data de apresentação se aproximava e o restante do grupo não se oferecia para fazer o cartaz. Os reuni e perguntei. J resolveu fazer o cartaz.
Ele pediu a minha ajuda mas eu estava ocupada com as tarefas domestica, então enviei os slides para ele tirar as suas duvidas. Me arrependo até hoje disso. Ele copiou todos os meus slides, sendo que o profº disse que eles tinham que ser diferentes, e ainda fez muito mal feito, não se entendia uma linha daquele cartaz.
Decidi fazer eu mesma o cartaz. Então, de um grupo de 6 pessoas, somente duas fizeram ele inteiro, em uma semana. C e eu decidimos tirar os nomes dos outros integrantes dos trabalhos e apresentamos sozinhas, isso era numa sexta a noite, ( J tinha faltado, dizendo que estava tendo um ataque de ansiedade, mas para M ele disse que estava com diarreia).
No sabado fui conversar com ele pelo zap, explicando a situação e pedindo desculpas por ter interferido entre ele e M enquanto ela jantava conosco. Mas o garoto além de não saber escrever, ainda não sabia ler. Ele confundiu tudo. Disse que eu estava perseguindo ele no intervalo, atrapalhando todos os seus futuros relacionamentos, me xingou disso e daquilo. No final eu tava estressada e mandei a seguinte frase; " Ah J... vê se me erra" "morre logo" " para de me incomodar". Dos mesmos jeitos que as aspas estão eu enviei as mensagens. Ele apagou o "para de me incomodar" tirou print do "morre logo" e postou nos status do zap, com a seguinte legenda " vamos ver quem cai primeiro"
O desgraçado tinha me bloqueado no zap antes que eu pode-se esclarecer a situação. Segunda de manhã perguntei o que fazer a uma colega de trabalho minha, ela me disse rezar, pq sendo psicopata do jeito que ele era ele poderia me matar na entrada de escola. O meu c* ficou travado.
De tarde comecei a ligar para ele, liguei 30 vezes mais ou menos até que ele me atendeu. Mandei aquele animal ler todas as mensagens direito e falar que eu tinha ido pedir desculpas e que ele foi um babaca plagiando o meu trabalho de ensino religioso, e alem disso estava uma merda o cartaz dele. Ele leu tudo e percebeu que estava sendo um babaca.
No final perguntei o que ele iria fazer quando disse " vamos ver quem cai primeiro", ele disse que iria mostrar os prints para a diretoria e que iria fazer com que chamassem meus pais. Mas baahh tche me caguei de medo atoa. Atualmente J trocou de turno e que a minha "amiga" D e o J estão namorando.
Bem no fim me caguei de medo e devo de ter levado uns belos chifres.
Bom é isso lubisco =3
submitted by i_like_the_sky to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.03 05:22 gialmeidas sou babaca por não ter feito o namorado da minha “melhor amiga” dar uma aliança pra ela?

Oiiii Luba menor que 3, editores e turma que está a ver! Eu tenho uma amiga, vamos chamá-la de Laurs, que conheço praticamente desde que nasci, então sempre fomos muito amigas e por volta de 2015 eu e minha amiga Laurs estávamos numa super conexão, oh my god, tanto que pra mim era Maria no céu e Laurs na terra. E Laurs tinha um namorado, o Carls, que por ventura ficou muito meu amigo também. Eles começaram a namorar ela tinha 12 anos e todos os anos eu sempre ajudava os dois com ideias de surpresas e presentes, na maior boa vontade. Inclusive em um aniversário de namoro Carls me pediu ajuda pra ver o que Laurs queria ganhar e bolamos (eu) de fazer uma caixinha com doces, fotos e uma cartinha em forma de pergaminho. Beleza, Carls super adorou e disse “nossa eu to tão ocupado, se você puder ir comprar a caixa, os doces e revelar as fotos pra mim seria ótimo! Eu faço o texto” Num primeiro momento eu fiquei tipo “nossa, simmm super vou sem problemas” (pq eu era idiota) Mas hoje penso “????? Gente tudo bom? A namorada é sua você q tem q ir comprar” Enfim, comprei. No outro dia ele foi lá em casa entregar a carta, daí eu fui dar a caixa pra ele.. Carls disse “então.. não tem como você deixar amanhã na casa dela? É q estou muito corrido” E então no outro dia eu deixei lá, a caixa montada por mim e paga por mim também, pois ele não me pagou até hoje (56 reais). Enfim, a partir daí que entramos na real história.
Seguindo ali por 2015, acho que era aniversário de 5 anos de namoro e Laurs já havia comentado que achava uma data super importante e marcante que deveria dar um passo a mais na relação.. decidiu então que queria ganhar uma aliança e para isso eu teria que falar isso para Carls.
“Então amiga eu quero uma aliança, já tá na hora sabe e como você sempre ajuda o Carls também então nada mais justo do que você fazer ele me dar uma” E eu fiquei tipo “ahh tudo bem..” e fui falar com ele. “Oi Carls, tudo bem? Então o que tá pensando em dar de 5 anos de namoro hein? Data importante né rsrs” Carls disse “ah eu nem tive tempo pra pensar, algo simples mesmo” Daí eu falei que a Laurs tava querendo uma aliança e que ele poderia pensar nessa possibilidade, então ele falou beleza e ficou por isso mesmo. Alguns dias se passaram e Laurs veio me cobrar “e aí? O Carls vai me dar uma aliança né? Pq se ele não me der uma aliança eu vou terminar esse namoro. 5 anos já é tempo suficiente pra me dar uma aliança, você pode falar pra ele me dar uma aliança você tá entendendo né???” E eu fiquei tipo, tá né espero que ele dê isso. Fui falar com ele pela segunda vez. “Oi Carls, pensou no que eu te falei? Sobre o presente..” e então Carls disse “é pensei, acho que aliança não, muito caro e nem to com tempo pra comprar” Quando ele falou eu só pensei, então é isso gente um bom dia pra vocês pq eu tomei no **. Daí eu disse “sério Carls?? Assim, como sua amiga e como amiga dela eu queria te pedir pra pensar mais um pouco nisso e tal, acho um momento importante.. mas vai me falando no que tá pensando” ele disse beleza e de novo ficou nisso. Mais alguns dias se passaram e ela me cobrou mais uma vez “EU ACHO BOM ELE ME DAR UMA ALIANÇA, pq ele tá achando q eu sou alguma vagabunda??? Eu to falando sério, se ele não me dar eu vou terminar!” Gente o que era pra eu fazer? Comprar a aliança pra assegurar que ela ia ter uma? Pq pelo namorado parece que ela não ia ter né, tudo bom. (Desculpa minha mania de falar tudo bom e bom dia, é costume kkkkkkk) Enfim. Mais uma vez fui falar com o Carls “Oi!! E aí, alguma novidade? Pensou melhor?” Ele respondeu “oi!! Pensei sim, não vou dar a aliança mesmo não, vamos ver outra coisa” Ai eu desesperei, falei “Carls tem certeza? Eu não sei nem como te falar isso.. pelo amor de Deus nem fala pra Laurs, mas ela quer muito essa aliança e até me disse que.. eu não podia nem te falar isso, mas eu não sei mais o que fazer.. ela até me disse que terminaria se não ganhasse uma aliança. Eu gosto e torço muito por vocês, será mesmo que não tem como dar a aliança?” Foi aí que eu recebi apenas um “visualizado” e não respondido. Fiquei sem entender, mas continuei a viver o meu dia.
Horas depois Laurs me liga “COMO ASSIM VC foi falar com o Carls que eu queria uma aliança??? Você não podia ter feito isso!! O que você foi falar pra ele?? Agora ele tá te xingando toda! Falando que você acha que sabe o que é melhor para o nosso relacionamento!! Como você pode?!” Eu fiquei sem reação, sem entender. Pq ela desde o começo que pediu pra eu falar com ele e me cobrou quase todo dia que ela ganhasse essa aliança. Eu ainda escrevi um super texto pra ele pedindo desculpas por me intrometer no relacionamento deles e tudo mais, mas ele nunca me respondeu e desde então não fala ou olha na minha cara. No aniversário dela quando ele me viu lá fez questão de ir embora e causou o maior climão, foi péssimo. Desde então me afastei bastante da Laurs e foi a melhor coisa que eu fiz, pois percebi o quanto essa amizade era tóxica.
Ainda assim, fui babaca? Afinal ela não conseguiu a aliança..
submitted by gialmeidas to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.31 02:16 Average_simian Como vocês lidam com a perspectiva de nunca conseguir encontrar o amor?

Sou um homem de 24 anos e me considero uma pessoa emocionalmente madura. Material e profissionalmente sigo melhorando gradualmente, mas ainda tenho um longo caminho pela frente. Em 2018 conclui minha graduação em História, mas a escolha não se mostrou muito promissora. Atualmente estou me organizando para uma nova graduação em uma área que possa proporcionar maior estabilidade e onde eu trabalhe menos. Tenho meus hobbies, bons amigos e saúde. Em suma, levo uma vida relativamente boa, tirando um ou outro problema que aflige qualquer ser humano, mas sempre dou um jeito de contornar e seguir em frente. Só tem uma coisa que realmente me incomoda e têm ocupado boa parte das minha reflexões recentes: a vontade que tenho de ter um parceiro romântico.

Já tive alguns webnamoros quando era mais jovem, mas devido a distancia e falta de maturidade na época, eles não levaram a nada. Na época de escola fiquei com algumas poucas meninas e tive meus amores platônicos, mas também nunca deu em nada. Só em 2014 que fui ter meu primeiro relacionamento sério e que durou pouco mais de um ano. Foi um relacionamento difícil e que fez com que eu amadurecesse muito. Ela era uma pessoa que tinha muita dificuldade de demonstrar afeto, e eu ficava cobrando atenção. Esta dinâmica dela ficar fugindo e eu ficar cobrando acabou ficando insustentável e ela resolveu terminar. No primeiro ano do término eu sofri muito e culpei ela pelo fracasso de nossa relação, mas com o tempo fui assimilando que nossas diferenças eram inconciliáveis, e que seria impossível e errado querer mudar o jeito dela de ser. Ela era ausente não só comigo, mas com todo mundo. E eu precisei reconhecer que gosto de parceiros românticos que são mais carinhosos e sensíveis.

Depois deste namoro me relacionei com outras garotas, e cheguei bem próximo de namorar duas delas. A primeira era uma amiga de longa data que conheci pela internet, e morava não tão longe de mim. Durante alguns meses a gente conversou muito e passei alguns dias na casa dela e ela alguns dias na minha. A gente se deu muito bem, e o fator de nossa amizade de longa data acabou fortalecendo ainda mais nosso laço. No horizonte eu via a possibilidade dela vir fazer a faculdade dela na minha cidade. O único porém é que ela ainda tinha assuntos mal resolvidos com o ex dela. Não demorou muito para eu perceber que ela estava dividida entre nós dois, e nesta balança o coração dela pesava muito mais pro lado do outro rapaz. Me retirei pra evitar de me magoar, mas até hoje somos bons amigos.

A segunda garota com quem eu poderia ter tido uma relação foi apresentada por meio de amigos em comum, e ela demonstrou interesse por mim depois de algumas vezes que a gente se encontrou. Ficamos por algumas semanas e logo eu joguei um balde de água fria entre nós. Por mais que ela fosse legal e tivéssemos muitas coisas em comum, eu não conseguia sentir atração física por ela. Até tentei contornar a situação, mas ficou evidente que não ia dar certo. Ainda não sei dizer o quão problemático é deixar a aparência ofuscar uma personalidade que gostei tanto. Mas tendo a pensar que é normal, cada ser humano tem suas preferencias. Não acho certo me manter em uma relação onde não consigo sentir prazer físico com a pessoa.

Enfim, contei toda esta história para poder ilustrar como acho difícil encontrar um parceiro romântico com quem eu realmente combine e dê certo. Já tive relação com alguém que não tinha a personalidade compatível comigo, com gente que combinava, mas já havia encontrado o amor em outro, e com uma pessoa que se encaixava em quase todos os aspectos, só que fisicamente não houve "química". Por mais que minha vida esteja encaminhada em outros campos, sinto que romanticamente eu nunca consiga avançar. Talvez eu nunca vá encontrar alguém para construir uma vida ao meu lado. Sinto que muita gente entra em relacionamentos por carência, e a relação acaba trazendo só dor em ambos. Também vejo gente que encontra sua "alma gêmea", e mesmo aos trancos e barrancos consegue ser feliz. Acredito que encontrar alguém que realmente combine e dê certo contigo seja pura questão de sorte, e que nem todo mundo vai ser feliz no amor.

Evidente que vou manter o coração aberto para novas oportunidades, mas a ideia de que nunca vou encontrar alguém já não me assombra mais. Como diria o saudoso Zé Ramalho: "Quem tem amor na vida, tem sorte". O que pensam sobre o assunto? Como vocês encaram a possibilidade de nunca encontrar o amor?
submitted by Average_simian to desabafos [link] [comments]


2020.05.01 04:58 policemymom 2 anos. Amo você.

Amor, não tem nada que eu deseje tanto quanto estar com você nesse dia. Nem sei como começar te escrever algo, você é tão especial pra mim que tudo que eu faço ainda é pouco pro amor que eu tenho, não tem como demonstrar exatamente. Você tem sido encantadora desde o dia que te conheci, eu ainda sinto borboletas no estômago quando falo contigo e quando tô prestes a te ver, igualzinho no começo. Nosso relacionamento é melhor que no início e só melhora a cada dia, não existe isso de os começos de namoro são muito bons, pra nós todos os dias são bons. Amo como você preza por isso, xu. Amo como a gente sabe valorizar as pequenas atitudes que são só nossas, tipo dar um boa noite com um roteiro determinado todos os dias (boa noite, dorme bem, bons sonhos, beijinhos, emoji), se ligar pra jogar, assistir séries e filmes juntas. Tudo isso é muito especial pra mim. Eu nunca imaginaria que ia amar tão genuinamente, um amor que emociona e que me faz querer estar perto de ti o tempo inteiro. E agora eu me surpreendo o tempo todo com a sua capacidade de me fazer amar ainda mais. Queria que você entendesse o quanto você é incrível e importante, queria que você se amasse como eu te amo. Você fez toda diferença pra mim esse tempo todo xu. Pode parecer egoista, mas é muito bom saber que eu tenho alguém que se importa comigo talvez mais que consigo mesma (é como eu me sinto em relação a você), me conforta te ter. Você é compreensiva, você tá sempre presente, você me da todo amor que eu preciso. Além de tudo isso, você é alguém que me encoraja. Você me elogia tanto que eu consigo acreditar em umas coisas, você faz com que eu me sinta segura comigo mesma. Tenho certeza que é com você que eu quero estar o resto da minha vida. Amo quando a gente fica fantasiando o dia do nosso casamento e temos até uma playlist pra isso. Amo ver as coisas pela segunda vez pra poder ver contigo. Amo te acompanhar em tudo. Você é minha pessoa preferida, é com você que tenho as melhores piadas internas e os melhores momentos, é em você que eu penso quando vejo ou escuto qualquer coisa que fala de amor. Amo você inteira, não mudaria nada, amo seu jeito de ser. Amo como você é sincera comigo e como nós sempre esclarecemos as coisas uma pra outra. Amor, você é a mulher mais maravilhosa desse mundo. Amo estar com você e conviver todos os dias, descobrir coisas novas de você, coisas que só você diz e só você faz >só você diz “primeiro de conversa” e tem lichia como uma possível fruta favorita<. Amo como você é única e não tem ninguém nem perto de ser parecida contigo. Amo quando você tá mostrando seus talentos, quando você dança é uma das maiores emoções que eu sinto (sério xu, chorei todas apresentações), quando você manda vídeo tocando e cantando, quando você escreve uma poesia. Você é muito boa em tudo o que faz, você é dedicada e é fantástico te ver fazendo algo que você ama, ou te ver falar sobre algo que você ama. É extraordinário quando você se empolga pra me contar algo, eu sempre amo ouvir o que você sabe ou uma história sua. Você é demais de incrível. Demais de engraçada, inteligente e linda. Ter você como namorada é o maior privilégio que eu tenho e espero ter a vida inteira. Eu te amo, nunca duvide disso. Juro estar contigo todos os dias, bons ou ruins, pra te apoiar em tudo e crescer com você. Obrigada pelos nossos 2 anos de namoro, amor. Você tem maestria 7 em ser a melhor namorada do mundo.
Tô morrendo de saudade do seu beijo, abraço e carinho. Quando estivermos perto nós vamos sair pra comemorar essa data mesmo atrasada ok? Prometo.
submitted by policemymom to 2anos [link] [comments]


2020.05.01 04:44 policemymom 2 anos. Amo você.

Amor, não tem nada que eu deseje tanto quanto estar com você nesse dia. Nem sei como começar te escrever algo, você é tão especial pra mim que tudo que eu faço ainda é pouco pro amor que eu tenho, não tem como demonstrar exatamente. Você tem sido encantadora desde o dia que te conheci, eu ainda sinto borboletas no estômago quando falo contigo e quando tô prestes a te ver, igualzinho no começo. Nosso relacionamento é melhor que no início e só melhora a cada dia, não existe isso de os começos de namoro são muito bons, pra nós todos os dias são bons. Amo como você preza por isso, xu. Amo como a gente sabe valorizar as pequenas atitudes que são só nossas, tipo dar um boa noite com um roteiro determinado todos os dias (boa noite, dorme bem, bons sonhos, beijinhos, emoji), se ligar pra jogar, assistir séries e filmes juntas. Tudo isso é muito especial pra mim. Eu nunca imaginaria que ia amar tão genuinamente, um amor que emociona e que me faz querer estar perto de ti o tempo inteiro. E agora eu me surpreendo o tempo todo com a sua capacidade de me fazer amar ainda mais. Queria que você entendesse o quanto você é incrível e importante, queria que você se amasse como eu te amo. Você fez toda diferença pra mim esse tempo todo xu. Pode parecer egoista, mas é muito bom saber que eu tenho alguém que se importa comigo talvez mais que consigo mesma (é como eu me sinto em relação a você), me conforta te ter. Você é compreensiva, você tá sempre presente, você me da todo amor que eu preciso. Além de tudo isso, você é alguém que me encoraja. Você me elogia tanto que eu consigo acreditar em umas coisas, você faz com que eu me sinta segura comigo mesma. Tenho certeza que é com você que eu quero estar o resto da minha vida. Amo quando a gente fica fantasiando o dia do nosso casamento e temos até uma playlist pra isso. Amo ver as coisas pela segunda vez pra poder ver contigo. Amo te acompanhar em tudo. Você é minha pessoa preferida, é com você que tenho as melhores piadas internas e os melhores momentos, é em você que eu penso quando vejo ou escuto qualquer coisa que fala de amor. Amo você inteira, não mudaria nada, amo seu jeito de ser. Amo como você é sincera comigo e como nós sempre esclarecemos as coisas uma pra outra. Amor, você é a mulher mais maravilhosa desse mundo. Amo estar com você e conviver todos os dias, descobrir coisas novas de você, coisas que só você diz e só você faz >só você diz “primeiro de conversa” e tem lichia como uma possível fruta favorita<. Amo como você é única e não tem ninguém nem perto de ser parecida contigo. Amo quando você tá mostrando seus talentos, quando você dança é uma das maiores emoções que eu sinto (sério xu, chorei todas apresentações), quando você manda vídeo tocando e cantando, quando você escreve uma poesia. Você é muito boa em tudo o que faz, você é dedicada e é fantástico te ver fazendo algo que você ama, ou te ver falar sobre algo que você ama. É extraordinário quando você se empolga pra me contar algo, eu sempre amo ouvir o que você sabe ou uma história sua. Você é demais de incrível. Demais de engraçada, inteligente e linda. Ter você como namorada é o maior privilégio que eu tenho e espero ter a vida inteira. Eu te amo, nunca duvide disso. Juro estar contigo todos os dias, bons ou ruins, pra te apoiar em tudo e crescer com você. Obrigada pelos nossos 2 anos de namoro, amor. Você tem maestria 7 em ser a melhor namorada do mundo.
Tô morrendo de saudade. Saudade do seu abraço, beijo e carinho. Quero você logo pra gente comemorar os 2 anos fora da data mas pessoalmente, ok? Amo você júlia, daqui até a eternidade. ❤️
submitted by policemymom to 2anos [link] [comments]


História de Pedro e Alice parte 98 segunda temporada HISTÓRIA DE AMOR TRISTE (TENTE ASSISTIR SEM CHORAR) História de Pedro e Alice parte 49 segunda temporada NUNCA ESQUEÇA DATA DE NAMORO HISTÓRIAS DE KIM TAEHYUNG QUE VOCÊ NÃO CONHECIA - YouTube Essa história é De partir o coração 2 ANOS DE NAMORO - CASAL LÉSBICO Histórias BIZARRAS de viagens a dois: acidente, carona ... Daily Vlog - Capitulo 9 - Dia dos Namorados Fora de Data ❤ A história do dia dos Namorados - Dia dos Namorados - origem, história, no Brasil

Anéis de Namoro - Alianças de Compromisso, Alianças de ...

  1. História de Pedro e Alice parte 98 segunda temporada
  2. HISTÓRIA DE AMOR TRISTE (TENTE ASSISTIR SEM CHORAR)
  3. História de Pedro e Alice parte 49 segunda temporada
  4. NUNCA ESQUEÇA DATA DE NAMORO
  5. HISTÓRIAS DE KIM TAEHYUNG QUE VOCÊ NÃO CONHECIA - YouTube
  6. Essa história é De partir o coração
  7. 2 ANOS DE NAMORO - CASAL LÉSBICO
  8. Histórias BIZARRAS de viagens a dois: acidente, carona ...
  9. Daily Vlog - Capitulo 9 - Dia dos Namorados Fora de Data ❤
  10. A história do dia dos Namorados - Dia dos Namorados - origem, história, no Brasil

A mais linda MENSAGEM de FELIZ dia dos NAMORADOS ♥ ║ Especial FELIZ dia NAMORADOS 2019 - Duration: 2:10. Era só uma Doce MENINA - Status & Legendas 47,162 views 2:10 Samantha Schmutz, Katiuscia Canoro, Ingrid Guimarães e João Vicente relembram histórias amorosas surreais: teve carona na estrada, acidente em Paris, fora no... História de Pedro e Alice parte 105 e 106 capítulo 106 e 107 (1_temporada - Duration: 22:47. Historias De Casais Oficial BR 23,571 views Olá ARMYS! Hoje estamos contando algumas histórias SUPER legais sobre o Taehyung, que talvez você ainda não conheça. Esperamos que tenham gostado! Qual foi s... Dia dos Namorados é todos os dias pois devemos sempre celebrar o amor e como nosso namoro é a distância não é sempre que podemos comemorar na data certinha e dessa vez foi bem depois da data ... Louvores Para Ouvir a Noite - As Melhores Músicas Gospel Mais Tocadas 2020 - Musica Gospel Música Gospel Brasileira 1,483 watching Live now Hoje dia 10/01/2016 eu e minha namorada (Rayanne) estamos completando 2 anos de namoro e 2 anos esse em que vivemos muitas coisas e muitas histórias para contar e junto com essa data tão ... Eu e minha mãe desabafando 🤣🤣🤣🤣🤣 obs:Minha unha está preta por causa da tinta de cabelo 🤣🤣🤣 - Duration: 26:41. MC NEGÃO DA BL 487,695 views 26:41 Historias De Casais Oficial BR 7,724 views. ... 10:37. História de Pedro e Alice 88,501 views. 10:37. Pedro e Alice Reatam o Namoro ... História de Pedro e Alice parte 100 segunda temporada ... No vídeo de hoje fala de dois casais de namorado O garoto sempre esqueceu a data de namoro Isso era sempre motivo para sua namorada brigar com ele Até que um dia sua namorada se irritou e ...